materia do Adote um Focinho Carente - EM DEFESA DOS ANIMAIZINHOS ABANDONADOS DA ZN

Pessoal,
é sempre com muito orgulho que recebo essas materias

tenho certeza de que nao "existiriamos" se nao fosse o apoio de todos voces que acompanham, que vibram, que ajudam, que adotam, que estao pertinho...meu muito mas muito obrigada...

bjs

Flavia e Andrea!

Consulado da Ração, unidade Mandaqui - 31/Jul/2010

Cresce o número de pessoas que se preocupam com o destino dos animais de estimação, que de repente são abandonados à própria sorte, em terrenos baldios da ZN. É o caso do movimento Adote um Focinho Carente, que realiza feiras mensais de doação.

Tatiana levou 2 cães para doação.
Luan adotou um gato.


Andréa d´Oliveira, moradora do Tremembé, e Flávia Ricco, de Santana, são amigas que se uniram para ajudar a diminuir a população de animais abandonados. Desde Novembro de 2009 elas já realizaram 13 feiras de doação. "Tem dia que não conseguimos doar nenhum, tem dia que doamos 15 animais, como já aconteceu", contou Andréa.

Para muitos a questão dos animais abandonados é invisível. Mas para quem tem animais de estimação, ou por natureza gosta deles, a realidade é bem outra. Tatiana David mora nas Palmas do Tremembé, região favorita para o abandono de filhotes ou animais adoentados, por causa dos grandes terrenos vazios do IPESP. "Soltam cachorros de monte ali", disse Tatiana. Ela levou á feira dois cães de 2 meses de idade, que foram abandonados em sua porta.

Sempre tem quem queira adotar, principalmente crianças. Beth e Paulo, moradores do Alto do Mandaqui, estavam interessados em adotar uma cadela para a filha Raquel. Mais decidida, Lisandra Pinheiro, moradora de Santa Terezinha, adotou a gata Vitória, para o filho Luan.

Realizar essas feiras ao lado de um pet shop é conveniente para os organizadores e também para a loja. Pedro Spina, proprietário da Consulado da Ração, já abrigou a feira na unidade da av. Nova Cantareira, e abriu o espaço agora na nova loja, da av. Santa Inês. "É uma forma de ajudar. Muita gente acha que podemos ficar com animais que não interessam a eles. Não podemos, mas através da feira se pode encaminhar para interessados", disse Pedro.


1 comentários :

Pityla publicou o comentário número:

Olá, primeiramente gostaria de parabenizar-los pelo belo trabalho que vocês tem feito e queria pedir a ajuda de você para divulgar que está nascendo em Cacoeira do Sul, mais uma entidade para ajudar os animais, mas estamos enfrentando um problema, não temos nome...E precisamos de um nome o mais breve possivel para que possamos legalizar toda a nossa ideia.Os emails com sugestões podem ser enviados para bichinhofeliz@hotmail.com e também podem ser feitas sugestões pelo blog bichinhofeliz.blogspot.comMuito obrigado pela atenção e desde já agradecemos a ajuda!



Topo