Marcação de território: gatos - por Martha Follain

BICHOS - MARTHA FOLLAIN

Marcação de território: gatos


Abigail Esther, minha gatinha. (Foto: Arquivo Pessoal)
Abigail Esther, minha gatinha. (Foto: Arquivo Pessoal)
Apesar de seus ancestrais existirem há mais de doze milhões de anos, os gatos tornaram-se domesticados somente há cerca de quatro mil anos.
Logo que desenvolveu a agricultura – entre 10000 e 12000 a.C., o homem deixou de ser nômade e começou a estreitar os laços de amizade com os felinos. E tudo teve início como uma troca de favores: o homem passou a armazenar alimento; com a estocagem de grãos, vieram os roedores, que, por sua vez, atraíram os gatos. O mais antigo fóssil que comprova essa amizade é de 9500 a.C..
Descoberta em 2004, a ossada de um gato selvagem dividia a tumba com a de um humano. O achado derruba a tese de que os egípcios teriam sido os pioneiros na domesticação dos felinos. Na realidade, os antigos egípcios foram os primeiros a usá-los no controle de animais que atacavam seus estoques de grãos.
O gato, é um animal que, ainda não está totalmente domesticado. A domesticação é um processo que requer várias gerações de acasalamentos seletivos, de modo a permitir mudanças fisiológicas, morfológicas e/ou comportamentais. Não se sabe quanto tempo esse processo vai levar.
Portanto, ainda é muito importante para o bichano, a marcação do território. Território é o local onde o animal se sente seguro para dormir, beber água e comer. Ele marcará e voltará a demarcar, se sentir-se inseguro, contrariado, ameaçado, assustado, estressado, etc.. Os gatos machos (e algumas fêmeas) gostam de ter seu território marcado (mesmo alguns castrados). Essa demarcação pode ser feita de três diferentes formas:
1- Marcar com urina:
O gato borrifa urina no lugar que quer para ele, e o odor mostra quem é o dono do local. O gato não gosta de compartilhar território, e quanto mais gatos, mais marcações com urina. A dica é, depois de limpar o local com água e sabão, passar um pano com vinagre branco, pois os gatos não gostam do cheiro. Ou, borrifar o local com óleo essencial de citronela. Porém, não há um método infalível para retirar todo o cheiro de urina, nem para fazer com que o gato pare totalmente de marcar território;
2- Marcar com as unhas:
A arranhadura é uma marca visual, onde são depositadas algumas secreções das glândulas entre os dedos. O gato arranha não só para afiar as unhas, mas deixa marcas únicas e inconfundíveis, que incomodam muito menos do que o método anterior, a não ser que você tenha comprado um sofá novo. A dica é providenciar arranhadores de sisal, etc.. Outra dica é envolver a parte de baixo de seus móveis em papel alumínio. Gatos não gostam da textura nem do ruído;
3- Marcar esfregando-se:
O gato esfrega-se (bochechas, dorso e a base do rabo) deixando seu cheiro e pelos. Inclusive, pode marcar você.

2 comentários :

✿⊱Lilasesazuis✿⊱by Lígia✿⊱ publicou o comentário número:

Nossa, menina, era isso que eu precisava ler hoje….uma dica de como afastar minhas gatas da cama box que acabei de comprar e já está desfiada.

Vou forrar a volta com o papel alumínio!!

Espero que dê certo!!

beijinhos e obrigada pela dica,

Lígia e =ˆ.ˆ=

tatiane zortea publicou o comentário número:

olá querida vim fazer uma visitinha rápida pra te desejar um feliz natal,e deixar um convite pra vc me visitar
http://pointdoeva.blogspot.com.br/2013/12/artesanato-solidario-artesanato-ao.htmlolá



Topo