De que adianta chorar pelos animais?

 Achei muito interessante esse texto. Foi com essa linha de pensamento que eu iniciei na proteção animal. Eu fui atras de informações, videos, fotos, depoimentos, tudo o que fosse relacionado com crueldade animal, para chorar uma unica vez na vida, para que eu pudesse me fortalecer e poder ajudar os animais, seja ele qual for.
Não me arrependo, consegui criar uma barreira de proteção para que eu pudesse ser forte e ajudar independente das condições que o animal se encontrasse. 
Vale a pena ler esse texto, para que possamos conscientizar mais as pessoas.
Flavia
loja virtual: www.adote.iluria.com


Os animais precisam de você e não de seu choro, acredite!
    
 Sabemos que existem pessoas que lamentam muito tudo o que acontece de ruim com os animais. Chegam mesmo às lágrimas ao verem imagens ou vídeos, feitos para a conscientização, que exibem as crueldades feitas pelos humanos. Mas só lamentar não resolverá absolutamente nada para os torturados e muito menos para as pessoas que alegam que ficam muito mal ao constatarem as verdades cruéis que lhes são mostradas, vez por outra.
   Tenho refletido bastante acerca das pessoas que “não querem ver porque sofrem”. Será que nunca lhes passou pela cabeça que muito pior é o sofrimento sentido pelo animal? Não poderiam, ao menos, utilizar essa grande sensibilidade para proteger àqueles, que não conseguem se ajudar? Não dói mais saber e nada fazer? Por que não tentar ajudar de alguma forma? Existem várias maneiras de ajudar estes seres indefesos.
   Quando divulgamos atos cruéis não queremos provocar desconforto e/ou tristeza às pessoas, e sim, conscientizá-las, procurar que a enorme sensibilidade humana haja conosco no sentido de auxiliar os poucos ativistas que muito têm feito para que o ser humano evolua,ao tentarem que a verdade chegue a todos de várias formas, para que os mais sensíveis abracem esta causa tão sofrida e ajudem a terminar com a exploração e o descaso com que são tratados todos os animais do planeta.
  Não há nesta “grande casa” uma só espécie de animal que seja tratada com dignidade e respeito, todas são submetidas a algum tipo de crueldade. A lista dos horrores a que são submetidos todos os animais é tão grande que daria para escrever diversos livros.
    Muitos cientistas renomados já provaram que os animais têm sentimentos como nós, têm inteligência, e também dão provas de solidariedade como nós deveríamos fazer sempre, além de serem desprovidos dos sentimentos condenáveis que nós, humanos, provamos ter ao longo dos séculos.    
    Então, por que não podemos abafar um pouco nossa dor para que possamos agir em favor de tão belas criaturas? Que maior felicidade pode haver em  poder olhar o mar, a terra e o céu sem medo de sentir as gotas de sangue que hoje escorrem de todo o planeta? Tenho certeza de que estamos perdendo valiosos aliados na luta contra a opressão causada ao animal por causa do medo da dor. Por isso, peço a todos os que possuem sensibilidade, amor e desejo de justiça, que revejam seus conceitos, que avaliem o sofrimento dos animais, que os vejam como são, adoráveis crianças perdidas num mundo egoísta e de mando ganancioso, e que por isto mesmo, merecem que soframos e lutemos por eles, para que possamos juntos, destruir os grilhões que fazem da vida dos animais um verdadeiro inferno na terra!


Por: Fátima Borges – Professora de Português e Teatro Infantil, Colunista, Poetisa e Artista Plástica 

2 comentários :

Lilasesazuis Gata publicou o comentário número:

Sim, Flávia, a autora do texto tem toda razão.

Creio que nós, adultos, senhores de nossa consciência, devemos sim, nos empenharmos em amenizar o sofrimento animal e para mim, começa eliminando do meu prato, as carnes. Acho estranho as pessoas dizerem que amam a Natureza, mas, não tiram a carne da sua alimentação...

Há anos, desde que descobri os horríveis testes em animais, venho cortando da minha lista de consumo, as empresas que ainda praticam tal crueldade.

Infelizmente, a ambição, a gula, o descaso, leva tortura aos nossos amiguinhos, os animais.

Creio que a conscientização deve começar na Família estendendo-se às Escolas, passando também pelos órgãos governamentais.

A realidade das granjas, dos matadouros, dos laboratórios, dos zoológicos, deve ser mostrado e discutida com os pequenos.

Mais do que nunca, precisamos de uma Educação amorosa, sensibilizando nossas crianças sobre a causa animal em toda sua extensão - do pombo faminto que come o nosso lixo, aos grandes mamíferos e peixes mortos pela ganância e gula.

Penso também que os humanos se multiplicam aos milhões e isso, devasta sim nosso planeta, em todos os sentidos.

Humanos sentem-se proprietários de tudo e exterminam o que estiver em sua frente...plantas e animais...provocando o desequilíbrio assustador... ao meu ver, está passando da hora de um planejamento populacional humano ser colocado em prática !!!

Toda cidade humana, deve ter projetos honestos e viáveis, para que não haja animaizinhos abandonados.

Muitas vezes, pessoas sem condições financeiras, acolhem, acolhem e acolhem animaizinhos...são movidas pelo amor, porém, não conseguem dar qualidade de vida a esses seres, pois ninguém vive apenas de amor...

É lamentável que não cobremos dos órgãos governamentais de competência, ações!!!

É lamentável não sermos politizados!!!

Quando viajo, entristeço ao ver o descaso das prefeituras em relação aos cães. Fui conhecer Campos do Jordão, voltei abalada com o que vi. No centro tão "badalado", contei 26 cães vagando pelas ruas...???

A indústria da exploração animal parece não ter fim...vi outro dia,na tv, pombos tingidos para que seu dono ganhe DINHEIRO em suas revoadas nas festas...fiquei pensativa...acho preocupante quando muitos acham lindo e natural, um céu colorido artificialmente com essas criaturinhas...em troca de ...dinheiro!!!!

Não acredito em PAZ espiritual enquanto levarmos dor,sofrimento e exploração aos animais. Mais cedo ou mais tarde, essa energia negativa voltará à nós e aos descendentes, em forma de doenças espirituais e materiais.

Ahhhh....bem, toda pequena ajuda é bem vinda. Todo pequeno gesto de amor responsável e coerente é bem vindo e necessário!!

Admiro sua iniciativa e prática pessoal pelos animais. O mundo precisa de pessoas assim, como você!!!!!

Querida, tenha um ótimo dia,

beijinhos,

Lígia e =^.^=

Paty Domingues publicou o comentário número:

Oi Flávia!
Compreendo perfeitamente o texto mas ainda evito observar certas cenas na TV!Me angustiam demais! Mas isso não me impede de ajudar os animais que acolhi e os que encontro pelo caminho, ração, remédios, carinho, tudo que posso!
Beijos!

Sociedade do Esmalte



Topo